O consumo adequado de sal em nossas mãos

23 ago

O sódio é um mineral que participa de funções importantes em nosso corpo como o equilíbrio de água no organismo, contração muscular, frequência cardíaca, entre outras.

As principais fontes de sódio em nossa alimentação são: sal de cozinha, carnes bovinas e suínas, leite e derivados, batatas e grãos. Outras fontes são aditivos utilizados para conservar ou realçar o sabor dos alimentos industrializados como, por exemplo, o glutamato monossódico, que é adicionado em macarrão instantâneo, caldos de carne e molhos prontos.

A recomendação preconizada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) indica que um adulto deve consumir menos de 2,0 g de sódio por dia (2.000 mg), o que corresponde a 5,0 g de sal de cozinha. Em termos de referência dessa quantidade, 5,0 g de sal corresponde a uma colher de chá rasa ou cinco pacotinhos daqueles servidos em restaurantes, já que cada um contém 1,0 g. O brasileiro consome por dia cerca de 12 g de sal,  ou seja, duas vezes e meia acima do limite preconizado pela OMS.

A relação entre o excesso de consumo de sal e pressão alta foi confirmada por diversos estudos. Um deles, publicado em agosto de 2008 do American Journal of Clinical Nutrition, concluiu que pessoas que ingerem mais sal têm pressão mais alta, independentemente da condição genética ser favorável ou não favorável à hipertensão arterial. Pesquisa do Ministério da Saúde mostra que a proporção de brasileiros diagnosticados com essa doença crônica vem aumentando nos últimos anos sendo o mais importante fator de risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

Na jornada para cuidar da nossa saúde é preciso verificar sempre o conteúdo de sódio dos alimentos industrializados e escolher alimentos com menor teor do mesmo. Outra medida importante é substituir o sal por temperos naturais, como cebola, alho, salsinha e limão.

No preparo das refeições o uso correto das medidas dos ingredientes, além de nos auxiliar com o sucesso das receitas, é um forte aliado para adequar as quantidades dos nutrientes de uma dieta. Uma das medidas mais utilizadas é a colher de chá (rasa) que contém 5,0 g. A mesma colher cheia contém 12,0 g. Assim, medir a quantidade de sal adicionada no preparo das refeições auxilia a avaliar com maior precisão a quantidade de sódio consumida no dia.

É de grande importância rever os nossos hábitos com relação à ingestão de sal e fazer melhores escolhas, pois uma pequena medida pode fazer toda a diferença em nossa saúde.

Referências

http://www.spc.pt/DL/RFR/artigos/131.pdf

http://portal.saude.gov.br/portal/saude/visualizar_texto.cfm?idtxt=36868&janela=1

http://www.sbh.org.br/geral/noticias.asp?id=152

http://ajcn.nutrition.org/content/88/2/255.full.pdf+html?sid=69b5412c-578e-430a-a24b-c1bd6e2a36e5

SARNO, Flavio et al. Estimativa de consumo de sódio pela população brasileira, 2002-2003. Rev. Saúde Pública 2009, vol.43, n.2, pp. 219-225. http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102009005000002

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: