Conheça mais sobre os diferentes tipos de queijos!

26 jul

O conhecido leite é extraído de glândulas mamárias de animais, o mais comum e consumido no mundo é o leite de vaca.

Quando o leite é aquecido à temperaturas de 60 a 65 °C há formação de uma película fina na superfície, conhecida como nata, podendo ser utilizada como ingrediente para receitas. A presença de taninos, de hortaliças, acidez e sal provocam a precipitação do leite, dando aspecto de coalhada.

O Leite confere  sabor, cor, maciez, umidade e cremosidade aos alimentos. Para cozinhar os alimentos não ácidos invés de usar água se pode usar o leite. Ele se mostra um ótimo ingrediente para preparação de molhos, sopas e cremes.

Queijos: É feito a partir da coagulação do leite e existem uma infinidade de variedades de queijos. Nada mais é que toda a parte sólida do leite, bactérias específicas dão aroma, texturas e sabores diferentes. Por esse motivo existem queijos só encontrados em determinadas regiões, pois só lá existem determinados tipos de bactérias, sem contar que o procedimento na fabricação dos queijos influenciam em todas as suas características.

 

Tipos de queijo e indicação de uso para o preparo de alimentos:

 

Parmesão: um queijo bem sólido, a forma apropriada de consumo é na forma ralada, sendo acrescentado em preparações como forma de decoração em sopas e massas e em pequenas quantidades em sobremesas como a queijadinha e bom-bocado. Pode ser servido como petisco em entradas de cardápios.

Roquefort: este produzido com leite de ovelha, tem um sabor forte, em pequenas quantidades pode ser usado em molhos para massas e saladas.

Camembert: um queijo com diferentes consistências, aveludado por fora e cremoso por dentro, misturando sabores intensos e suaves.

Queijo fresco: conhecido como  queijo tipo minas, no Brasil. Um queijo de rápida produção, desde o leite ao produto final. Geralmente consumido nos cafés da manhã acompanhado de pães,  lembrado pelo “Romeu e Julieta”, ou queijo com goiabada.

Mussarela: quando fresco se desmancha em fios, já maturado se torna consistente e usado em receitas que vão ao forno devido a sua cremosidade em pratos que envolvem massas e pizzas.

 

Emmental: famoso por seus “furinhos” provenientes da formação de gases durante a maturação, este queijo de origem suiça é indicado no preparo de fondue e demais preparações que derreta o queijo.


Fontes:  Livro “Técnica Dietética Teoria e Aplicações”, Semíramis Martins Álvares Domene. Editora Guanaraba Koogan, 2011.

 

Imagem: heavendelhaye.com.br

culinaria.culturamix.com

www.cpt.com.br

bemfeitinho.net

manyflours.blogspot.com

imigracaoitalinanobrasil.blogspot.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: