Você comeria um alimento irradiado?

9 maio

Muita gente não sabe o que é um alimento irradiado e desconhece a função desse método, que tem como objetivo conservar os alimentos.

Mas afinal como funciona a irradiação de alimentos?

É uma tecnologia de preservação que consiste em submeter os alimentos, já embalados ou a granel, à determinada dose de radiação gama, geralmente  a fonte de radiação é cobalto(60Co) ou Césio (137Cs), com o proposito de aumentar o tempo de conservação do alimento. Esse tratamento é utilizado para destruição de insetos, bactérias patogênicas, fungos, leveduras e também retardar o processo germinativo em produtos vegetais.

Essa técnica pode ser utilizada em vários tipos de alimentos não sendo indicada para leite e bebida e altamente indicada para condimentos.  A radiação gama atua nos microrganismos rompendo o DNA impedindo assim a sua multiplicação que causaria a deterioração do alimento.

Muita gente pensa que o alimento irradiado se torna radioativo, mas isso não acontece, pois não há alteração do núcleo dos elementos químicos dos alimentos irradiados.

Porém, deve-se salientar que, do ponto de vista nutricional, ocorre perda de algumas vitaminas, como tiamina (vitamina B1), riboflavina (vitamina B2) e niacina (vitamina B3), e também de minerais. No entanto, por este método resolver problemas específicos importantes, uma vez que  atualmente é o único capaz de tornar inativos os patógenos em alimentos crus e congelados, deve ser visto como um complemento a outras tecnologias de conservação de alimentos, como a conservação pelo calor, desidratação e secagem, conservação pelo frio e por aditivos químicos.

Muitos alimentos industrializados que vemos diariamente nas prateleiras do supermercado, como salgadinhos e bolachas, tem ingredientes que foram irradiados. Eles apresentam a seguinte frase na descrição de ingredientes:“ALIMENTO TRATADO POR PROCESSO DE IRRADIAÇÃO”, ou ainda podem apresentar no rótulo a imagem abaixo.

simbolo radio

A grande vantagem dos alimentos irradiados é o aumento do tempo de conservação dos alimentos devido a ausência de microrganismos. Observe a tabela abaixo (clicar para aumentar):

Não-Irradiado x Irradiado

produto irradiado

banana irra

banana depois de 30 dias.

Contudo, mesmo com essas vantagens a técnica de irradiação ainda não é muito difundida por falta de aceitação do consumidor que por falta de conhecimento associa irradiação com radioatividade. E aí, você aceita?

Fonte:

  • ORNELLAS C B D et al. ATITUDE DO CONSUMIDOR FRENTE À IRRADIAÇÃO DE ALIMENTOS, Ciênc. Tecnol. Aliment., Campinas, 26(1): 211-213, jan.-mar. 2006.
  • http://www.cena.usp.br/pt/
  • Silva, Kelly Daiane et al. Conhecimento e atitudes sobre alimentos irradiados de nutricionistas que atuam na docência. Cien. Tecnol. Aliment., set 2010 ,v.30, n.3, p.645-651.
  • www.cnem.gov.br
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: