Ervas, Condimentos e Especiarias

23 abr

condimentos

 

Todas as pessoas, quando fazem uma preparação culinaria, querem que a aparencia do prato esteja tão apetitoso quando o paladar, dessa forma podem ser utilizados diversos produtos que visam intensificar caracteristicas apetitosas do prato. No geral esses produtos são tidos como temperos, pois poucas pessoas conhecem as diferenças entre as especiarias, as ervas e os temperos de fato.

Ervas: são folhas de várias plantas, e leva-se em conta seu sabor, aroma e qualidades medicinais e por isso são utilizadas na culinária, na medicina e com propósitos espirituais. . Devem ser usadas frescas pois o calor do cozimento diminui seu aroma. Um exemplo de erva muito utilizada na culinaria brasileira é o oregano, que pode ser encontrado em pó, fresco ou seco, sua utilização é vasta, mas sendo indispensável em  molhos, pizzas, sopas, legumes, massas, carnes, aves, azeitonas e queijos. É um produto originário do mediterrâneo, e seu uso foi popularizado após se tornar ingrediente para pizza. O orégano é conhecido também por ter propriedades contra  tosse e enxaqueca e possui ação antisséptica.

Especiarias: são diversos produtos de origem vegetal como, sementes, brotos, frutas, flores, cascas e raízes de plantas. Além do uso na culinária, as especiarias eram utilizadas na preparação de óleos, cosméticos, incensos e medicamentos. Devido à presença de óleos essenciais as especiarias possuem aroma e sabor mais acentuados. Um exemplo é a pimenta do reino, que pode ser encontrada na cor verde, branca, amarela ou vermelha, sendo em pó ou em conserva. Usadas em patês e em outros condimentos, embutidos e no processo de panificação. Importante para inflamações de ganganta e na produção do suco gástrico ajudando na digestão. Na antiguidade era usada para disfarçar o sabor dos alimentos em processo de decomposição.

Condimentos: são molhos ou temperos adicionados a comida para dar um sabor especial ou complementar o prato. Muitas vezes, de sabor picante e, por isso adicionados em pequenas quantidades. Podem ser adicionados antes de servir e durante o consumo, como ketchup e mostarda; outros, são usados durante o cozimento para dar sabor e textura aos alimentos, por exemplo, molho barbecue, molho teriyaki, molho de soja e todos têm sabores que podem aprimorar o gosto de uma variedade de carnes e vegetais diferentes. Outro exemplo é o vinagre, que tem como princição efeito tornar os alimentos  mais digestivos sendo amaciados para serem tratados pelo suco digestivo. Para o organismo humano, a reação ácida não só aumenta a atividade dos fermentos gástricos, mas promove ao mesmo tempo um efeito excitante da glândula pancreática. O vinagre também é utilizado para conservar vegetais e outras substâncias, atribuindo-lhes gosto agradável.
No Brasil, os vinagres são elaborados principalmente a partir do álcool de cana-de-açúcar e do vinho.

Fonte imagem: http://flaviakitty.com/blog/wp-content/uploads/2011/10/condimentos.jpg

Outras fontes: http://mundodamari.wordpress.com/2010/11/02/diferenca-entre-ervas-especiarias-e-condimentos/

http://periodicos.anhembi.br/arquivos/trabalhos/364066.pdf

http://sistemasdeproducao.cnptia.embrapa.br/FontesHTML/Vinagre/SistemaProducaoVinagre/introducao.htm

Anúncios

Uma resposta to “Ervas, Condimentos e Especiarias”

  1. jorge hardoim 20 de junho de 2013 às 15:01 #

    so tem isso colocar + quero+
    jorgehardoim@gmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: