Nutrição e Culinária

7 mar

Em nosso processo evolutivo, demoramos de 4 milhões de anos A.C. a 200 mil anos A.C. para descer das árvores, tornar nossa coluna ereta e crescer 3 vezes nosso cérebro. Em boa parte desse tempo nossa alimentação dependeu bastante da caça, cuja disponibilidade variava. Assim, os indivíduos que mais se adaptaram foram aqueles que melhor conseguiram economizar energia e buscar alimentos mais calóricos.

Essa herança genética pode ser a explicação para sermos, em grande parte, tão atraídos pelo doce e pela gordura.

A partir da revolução industrial a farta disponibilidade de alimentos tornou esta herança genética explosiva. Daí a necessidade dos profissionais da nutrição dominarem a culinária com o objetivo de apresentar os pratos saudáveis de forma atrativa, preservando os nutrientes de cada alimento.

Comer não é um simples ato de ingerir nutrientes, mas também deve ser considerado um ato prazeroso, em que um prato bem feito, além do seu sabor agradável, o seu cheiro e sua cor, possa nos remeter as lembranças prazerosas de nossa vida. Como o bolo da avó ou uma tarde de piquenique com a família. E cozinhar nesse ponto é, além de tudo, se dedicar ao prato.

Para se colocar em prática os valores nutricionais num prato é fundamental que se desenvolvam receitas culinárias práticas, saudáveis e de baixo custo. Considera-se muito mais prazeroso ingerir um prato bem preparado e balanceado do ponto de vista nutricional do que comprimidos de vitaminas ou até mesmo “ração humana”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: