Nutrição e culinária

4 mar

cozinhar

A Nutrição e a culinária estão ligadas pelos procedimentos utilizados para tornar possível o consumo dos alimentos, satisfazendo os desejos sensoriais e conservando seus valores nutritivos. Além de nutritivos, higienicamente seguros e com boa digestibilidade, ou seja, uma boa forma para que o alimento seja facilmente digerido pelo sistema digestório humano, os alimentos precisam estar sensorialmente atraentes, para que sejam bem aceitos e consumidos. Para satisfazer os desejos sensoriais, o manipulador/preparador do alimento (cozinheiros, chefs de cozinha, donas de casa) deve apresentá-lo de forma que desperte todos os sentidos, não apenas o paladar, pois cada alimento possui suas próprias características sensoriais (aparência, cor, odor, sabor, consistência e textura) que podem ser preservadas, ressaltadas ou modificadas por meio de adequadas técnicas culinárias.

Quando tratamos dos valores nutritivos do alimento, trata-se de selecionar os melhores métodos de preparo de alimentos para melhorar e conservar ao máximo o seu valor nutritivo. Esta preservação dos nutrientes deve ser observada em todas as etapas, desde a seleção, a compra e o armazenamento até o consumo. Durante o pré-preparo e o preparo do alimento até o efetivo consumo, também devem ser consideradas as possibilidades de preservar e melhorar o valor nutritivo dos alimentos. A salada de frutas e o suco de laranja, por exemplo, devem ser preparados e servidos imediatamente para evitar a oxidação e a consequente perda da vitamina C.

A culinária pode promover também hábitos alimentares saudáveis, pois se diminui ou evita o consumo de alimentos industrializados, como os semi-prontos e o fast-food, em favor do consumo de alimentos naturais preparados em casa, no ambiente familiar. Apesar de observarmos que o hábito de cozinhar torna-se cada vez menos frequente, as refeições em família tendem a trazer benefícios para a vida do adulto e da criança, proporcionando bem-estar físico, social, emocional e nutricional. Por isso, mesmo com a intensa rotina de trabalho da sociedade moderna, hábitos que envolvam a alimentação e a família devem ser estimulados e preservados.

Participar do processo de promover o nosso sustento é uma das formas de se escapar das comidas prontas industrializadas que possuem grandes quantidades de sal, açúcar e conservantes, e assim acabamos consumindo grande quantidade de energia. Apreciar novos sabores, visualizar, sentir o cheiro e sentir prazer quando estamos nos alimentando é tão importante para a saúde quanto a quantidade de nutrientes que estamos ingerindo. Isso é o que a culinária pode nos proporcionar.

Fonte (imagem): Originale Diparma (blog)

Grupo 1: Adriana de Paula, Paloma Borges, Pâmela Pontes e Roberto Jun

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: